Título:          3.     Instrução e exame de processos – aspectos gerais

Capítulo:      3.     Registros no Unicad

Seção:         10.   Acesso ao Unicad

Subseção:    10.   Procedimentos para acesso

 

Introdução

 

1.      O Sistema de Informações sobre Entidades de Interesse do Banco Central – Unicad foi instituído pela Circular nº 3.165, de 2002, com o objetivo de manter, em uma única base de dados, informações cadastrais sobre as instituições supervisionadas pelo Banco Central do Brasil, seus dirigentes e outras pessoas físicas e jurídicas de interesse da Autarquia (Circ. 3.165/2002, art. 1º, caput e § 1º).

 

2.      Para ter acesso ao Unicad, é necessário que a instituição seja previamente credenciada no Sistema de Informações Banco Central (Sisbacen).

 

3.      O Unicad pode ser acessado pela internet, em www.bcb.gov.br – “Estabilidade financeira” – “Sistema Financeiro Nacional” – “Sistemas e informações ao BC” – “Sistema Unicad”. Na tela do sistema, clicar em “Acesso ao Unicad” e fornecer os dados de logon.  O acesso também pode ser obtido pelo link http://www3.bcb.gov.br/unicad.

 

Acesso inicial por instituição em processo de autorização para funcionamento

 

4.      Para que a instituição em processo de autorização para funcionamento possa acessar o Unicad e proceder aos registros necessários, o Deorf providencia o seu credenciamento provisório no Sisbacen e inclui os seus dados de identificação no Unicad, permitindo que ela possa ter acesso ao sistema.

 

5.      O credenciamento provisório da instituição no Sisbacen e o cadastramento, no Unicad, dos seus dados de identificação são feitos após a entrega da documentação relativa aos atos de constituição da sociedade, durante o exame do pleito. Para que o Deorf possa efetuar os registros, a instituição deve ter indicado, no requerimento, o nome da pessoa que será responsável pela inclusão dos dados cadastrais no Unicad, bem como os respectivos CPF, telefone para contato e e-mail.

 

6.      Após o credenciamento provisório da instituição no Sisbacen e a inclusão de seus dados de identificação no Unicad, o Deorf encaminha mensagem, por e-mail, à pessoa indicada pela instituição para inclusão dos dados cadastrais, em que informa os seguintes dados, os quais são necessários para o acesso ao Unicad:

 

a)   código da instituição (cinco dígitos);

b)   código da dependência credenciada (0001);

c)    nome do operador credenciado;

d)   senha provisória de acesso ao Unicad.

 

7.      Tão logo receba as informações necessárias para acessar o Unicad, o responsável pela inclusão dos dados cadastrais deve alterar a senha provisória por uma outra de sua escolha, por razões de segurança.

 

8.      A nova senha deve ter no mínimo seis e no máximo oito dígitos, podendo conter letras e algarismos, começando com letra, observado que o sistema faz distinção entre maiúsculas e minúsculas. Ela é válida por noventa dias. No caso de a senha perder a validade, a instituição deve solicitar nova senha ao Deorf.

 

9.      Para alterar a senha provisória por outra de sua escolha, o responsável pela inclusão dos dados cadastrais da instituição deve adotar os seguintes procedimentos:

 

a)   acessar a tela de logon no Unicad (http://www3.bcb.gov.br/unicad);

b)   clicar em “Alterar senha”, no rodapé da tela;

c)    no campo “Instituição”, digitar o código recebido do Deorf, de cinco dígitos;

d)   no campo “Dependência”, digitar “0001”;

e)   no campo “Operador”, digitar o nome do operador credenciado, conforme informado pelo Deorf;

f)    no campo “Senha atual”, digitar a senha provisória informada pelo Deorf;

g)   no campo “Senha nova”, digitar uma senha, de sua escolha;

h)   no campo “Confirmação de senha nova”, digitar a nova senha escolhida, para fins de confirmação;

i)     clicar em "OK".

 

10.   Após a alteração da senha e logon no Unicad, o usuário deve complementar os dados básicos da instituição, de acordo com as instruções contidas no Sisorf 3.3.20.10, bem como proceder aos demais registros relacionados no Sisorf 3.3.40.10.

 

Acesso por instituição autorizada a funcionar

 

11.   Para ter acesso ao Unicad, a instituição autorizada a funcionar deve ter celebrado contrato para utilização do Sisbacen, conforme descrito no Sisorf 3.3.10.20.

 

12.    O acesso é feito com os dados de logon da instituição no Sisbacen, constituído por:

 

a)   identificação da instituição, que consiste no código da instituição no Sisbacen, número de cinco dígitos atribuído pelo sistema quando da celebração do contrato de credenciamento;

b)   identificação da dependência, com quatro dígitos;

c)    identificação do usuário, representado pelo nome de operador da pessoa credenciada para acesso ao sistema;

d)   senha do operador.

 

Inclusão de registros por instituição líder de conglomerado

 

13.   No caso de conglomerado financeiro, a instituição líder pode, usando o seu próprio logon, incluir os registros no Unicad em nome das demais instituições integrantes do conglomerado.

 

Inclusão de registros pela cooperativa central

 

14.   A cooperativa central pode, usando o seu próprio logon, incluir os registros no Unicad em nome das cooperativas a ela filiadas.

 


 

 

 

Atualização Sisorf nº 124, de 15.1.2019.